Resumo Trabalho

EDUCAÇÃO NA PERSPECTIVA INCLUSIVA E A ATUAÇÃO DO INTERPRETE DE LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS.

ROSELY DE SOUSA FERNANDES

Resumo Atualmente a discussão em torno da Educação Especial na perspectiva inclusiva tem sido acirrada no que se refere ao respeito à desigualdade, às diferenças, bem como estimula atos de cidadania relacionada ao reconhecimento de indivíduos de direitos. Precisam ser norteadoras de políticas de respeito à diversidade, no tocante a construção de contextos sociais inclusivos. O presente artigo, objetiva fazer uma analisar das implicações e os benefícios do trabalho desenvolvido pelos interprete da Língua Brasileira de Sinais. A metodologia tem como base a abordagem do método do Estudo de Caso dirigido à observação de uma aluna e uma interprete de uma escola acerca da aprendizagem da aluna através do acompanhamento e observação da aluna e da interprete. Os resultados apontam que houve interação entre o interprete de LIBRAS e a comunidade escolar, bem como, perceber mudanças nos procedimentos estratégicos da escola, considerando que o desempenho do intérprete dentro desse espaço favorece a concretização destas transformações. As conclusões enfatizam até que ponto a proposição da política expressa nas Diretrizes com os desafios para a Educação Especial na perspectiva inclusiva frente a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, e a forma como acontece a Formação de professores para Educação Inclusiva. Percebemos que a Educação Inclusiva traduz o conceito de escola inclusiva, centra seu foco na discussão sobre a função social da escola e no seu projeto pedagógico. Entendemos que não é o aluno que tem que se adaptar à escola, mas é a escola que está à disposição do aluno.

Veja o artigo completo: PDF