Resumo Trabalho

CAMINHOS PARA UMA EDUCAÇÃO INCLUSIVA NOS IFS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE O ACOMPANHAMENTO DE ESTUDANTES ATENDIDOS PELO NAPNE DO IFS/CAMPUS SÃO CRISTÓVÃO

LAILA GARDÊNIA VIANA SILVA

O presente trabalho relata a experiência do acompanhamento realizado com estudantes atendidos pelo Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (NAPNE), do curso técnico de nível médio integrado e subsequente de agropecuária, no Instituto Federal de Sergipe (IFS) - Campus São Cristóvão. Tal compartilhamento torna-se relevante por possibilitar a ampliação das discussões, troca de experiências das práticas adotadas, articulação de pesquisadores, profissionais e/ou instituições que se debruçam sobre a temática da inclusão nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs), fomentando, assim, o aprimoramento das ações. Para tanto, adotamos como perspectiva metodológica a modalidade do relato de experiência, utilizando como técnica a análise documental de diagnóstico dos casos, de relatórios de acompanhamento multidisciplinar, memórias de reunião, ações realizadas no campus, relatos de docentes e equipe técnica, sobre o desenvolvimento biopsicossocial e pedagógico dos alunos acompanhados, subsidiando a descrição e interpretação das etapas das ações de acompanhamento publicizadas. Sintetizando o que já está sendo experienciado ao longo desse processo, faz-se necessário ressaltar que, embora se reconheça os resultados já alcançados e a necessidade de intensificar e aprimorar as ações inclusivas, além de desenvolver tantas outras, é possível notar resultados de evolução e avanço dentro de cada particularidade dos sujeitos, como também uma crescente mudança cultural na forma de pensar e fazer educação inclusiva na rotina do IFS/Campus São Cristóvão.

Veja o artigo completo: PDF