Resumo Trabalho

ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO DA CRIANÇA COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA: UMA PROPOSTA COM OS MULTILETRAMENTOS

ANA PAULA BORGES LAURINDO

Este artigo nasceu das discussões travadas durante a disciplina “Formação de Professor em Tempos Híbrido: Teorias e Práticas”, do Programa de Pós-Graduação em Formação de Professores da Universidade Estadual da Paraíba - UEPB. Na oportunidade, discutiu-se de que forma as tecnologias contribuem tanto para a formação docente, como para o aprendizado discente. Nesse sentido, este artigo objetiva verificar a evolução das habilidades de leitura e escrita de uma criança autista, a partir da escrita digital, por meio da aplicação de uma sequência didática adaptada para esse tipo de atendimento. Como metodologia para este trabalho, utilizou-se o método da sequência didática proposta pelo grupo de Genebra (DOLZ, NOVERRAZ E SCHNEUWLY, 2004), composta de cinco encontros, aliada às proposições teóricas de Ferreiro e Teberosky (1985). Além destes, outros autores foram utilizados como aporte teórico a exemplo de Buzato (2006), Rojo (2012, 2013) e Vigotsky (1997). Percebeu-se que durante a realização dos encontros, a utilização dos Multiletramentos contribuiu para o aumento das capacidades de leitura e da escrita da criança, demonstrando à necessidade de ressignificar as metodologias utilizadas no AEE com recursos tecnológicos. Conclui-se, que ao final da aplicação das atividades, a criança demonstrou desenvoltura no uso dos recursos tecnológicos, potencializando seu aprendizado através da dinamização das atividades.

Veja o artigo completo: PDF