Resumo Trabalho

UM REDIMENSIONAMENTO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NO PROCESSO DE INCLUSÃO DE ALUNOS AUTISTAS NA ESCOLA REGULAR

JOÃO PAULO DA SILVA BARBOSA

Os avanços obtidos no âmbito da Educação Especial são resultantes de inúmeras reivindicações, que viabilizam a reformulação de leis já elaboradas e fomentam o surgimento de novas propostas articuladas aos direitos humanos, para garantir e subsidiar a qualidade da educação no país. Nesse sentido, objetivamos no presente estudo apresentar políticas que vem oportunizando o redimensionamento da Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva fomentando o processo de inclusão do aluno com Transtorno do Espectro Autista (TEA) na sala de aula regular, compreendendo como na realidade escolar se constitui esse referido processo. Para a construção deste trabalho utilizamos como abordagem metodológica a pesquisa bibliográfica e qualitativa. Concluímos que, mesmo não havendo ainda uma inclusão efetiva, as políticas inclusivas estão colaborando para uma nova compreensão da Educação Especial, entendendo a segregação como um método de fortalecimento de estereótipos sociais que intensificam a fragmentação do desenvolvimento do processo de ensino-aprendizagem dos sujeitos com TEA. Mediante essas políticas, vem se construindo a concepção que estes discentes aprendem a partir das experiências vivenciadas com os demais alunos, ou seja, da sua inclusão na sala regular, possibilitando que os estudantes sem autismo também aprendam e se desenvolvam a partir da convivência com os discentes autistas.

Veja o artigo completo: PDF