Resumo Trabalho

EDUCAÇÃO INCLUSIVA: RESPEITANDO AS DIFERENÇAS E ABRINDO PORTAS. RELATO DE EXPERIÊNCIA NO “PROJETO UFPE NO MEU QUINTAL”, IGUARACY/PE

ELIZANDRA DA SILVA SOUZA

A inclusão de pessoas com deficiência na sociedade brasileira vem sendo delineada, incentivada e reafirmada como direito através da promulgação de diversas leis, onde se destaca Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei nº 13.146/2015). Apesar do inegável avanço no processo de inclusão de pessoas com deficiência no ambiente escolar, os recursos apropriados para atender a cada necessidade específica não são suficientes, seja por ainda não existirem, ou mesmo pelo pouco conhecimento dos docentes em sua utilização. Com o objetivo de contribuir com a comunidade, especificamente com os atores envolvidos na educação básica, foi realizada a atividade: “Respeitando as Diferenças e Abrindo Portas”, durante o projeto de extensão “UFPE no Meu Quintal” em Iguaracy/PE de 29 de janeiro a 02 de fevereiro de 2018. A atividade teve como objetivo discutir aspectos da inclusão das pessoas com deficiência no âmbito escolar, dos direitos do estudante que possui algum tipo deficiência, e de dialogar sobre a concepção dos docentes e da população sobre o termo inclusão. Inicialmente organizada como oficina, a atividade se tornou uma roda de conversa com a participação de 39 educadores. Uma das questões mais discutidas foi a carência de profissionais capacitados na área, em que pese o Município apresentar um quantitativo elevado de pessoas com deficiência (informações pessoais) O resultado prático da atividade foi a conscientização dos professores sobre a necessidade premente de capacitação nos temas da inclusão e esses já apresentaram interesse em cobrar da Secretaria Municipal de Educação a promoção de eventos e capacitações na área.

Veja o artigo completo: PDF