Resumo Trabalho

OS BEBÊS NA PESQUISA CIENTÍFICA: TECENDO ALGUMAS CONSIDERAÇÕES

ELAINE TAYSE DE SOUSA

Resumo O presente texto situa reflexões acerca da necessidade de pesquisas com crianças pequenas e muito pequenas, os bebês no contexto da área educacional, tendo em vista dar visibilidade a esses sujeitos nesse aspecto. Além disso, trazer alguns elementos da infância em suas dimensões histórica e politica, uma vez se faz necessário compreender a criança e suas especificidades, como sujeito de pesquisa no campo da Educação considerando que as mesmas estão expostas as mesmas forças sociais que a vida adulta. Nessa perspectiva, as concepções pautadas na Sociologia da Infância, bem como a compreensão da criança como foco de pesquisas, e como elas contribuem para a reconfiguração das práticas pedagógicas serão os aspectos centrais de nossa discussão. É possível atentar que práticas, quando pensadas por e para elas, e a partir de suas especificidades e necessidades, determinam a qualidade da ação educativa, em vez de pensadas somente pelos adultos, que muitas vezes, ou na maioria delas, conduzem os momentos direcionando para suas possibilidades em detrimento dos interesses e interessados em vivenciar situações significativas de aprendizagem: a criança. Sendo assim, a escuta das crianças nos diversos contextos em que ela se insere é possível quando o professor/pesquisador ou adulto encontra-se disponível para ouvi-las e fazer delas visíveis socialmente. Pensar sobre a criança no âmbito da pesquisa cientifica e das práticas cotidianas nos contextos coletivos é urgente e necessário.

Veja o artigo completo: PDF