Resumo Trabalho

PERCURSOS DE FORMAÇÃO: NARRATIVAS DE UMA EXPERIÊNCIA COM A POÉTICA DO CORPO E DO GESTO NA CRIAÇÃO DO GRUPO DE TEATRO E COMPANHIA PAULO FREIRE

ROSILENE DA COSTA BEZERRA RAMOS

Este texto ergue-se da experiência com a poética do corpo e do gesto na criação do Grupo de Teatro Paulo Freire e Companhia, desenvolvida na disciplina Movimentos Sociais e Educação Popular pela professora Dra Ana Lúcia Oliveira Aguiar e um grupo de alunos do Programa de Pós-Graduação em Educação – POSEDUC da Universidade do Estado do Rio grande do Norte Objetivamos narrar a experiência formativa proporcionada pela arte teatral experimentada nas atividades e oficinas de construção e composição da cena teatral propostas no projeto. Com ênfase nas narrativas construídas a partir de uma abordagem (Auto)biográfica utilizamos o método (Auto)biográfico como caminho metodológico, considerando as narrativas de si como práticas de formação. Os teóricos que norteiam nossas discussões colocam a subjetividade do autor como fonte de produção de conhecimento e discutem aspectos importantes para a compreensão e reflexão do estudo. O referencial teórico central alicerça-se em Paulo Freire, “Pedagogia da Autonomia”, em sua ideia de que ensinar exige respeito à autonomia do ser. A motivação pela temática surgiu a partir da vivência de um significativo momento para nossa formação acadêmica: o convite para integrar um grupo de teatro voltado para a educação popular. A arte teatral promove ensinamentos culturais, ações colaborativas, trocas e construção de conhecimento. Contatamos a riqueza da experiência vivenciada com o teatro enquanto potencializadora de aprendizagem e autoconhecimento do ser humano.

Veja o artigo completo: PDF