Resumo Trabalho

EXPERIÊNCIA DA EXTENSÃO: OFICINAS DE GEOGRAFIA PARA ESTUDANTES VIDENTES E COM DEFICIÊNCIA VISUAL

ANA BEATRIZ CUNHA DE ARAÚJO

A inclusão de pessoas com deficiência é uma questão muito debatida atualmente no cenário educacional, contudo ainda se necessita de investimento na formação docente e na produção de recursos pedagógicos para estes segmentos, como por exemplo de recursos táteis para aqueles com deficiência visual (DV). Por isso, durante o ano de 2016 foi encaminhada a extensão intitulada “Oficinas de Geografia para estudantes videntes e com deficiência visual”, coordenado pela profa Sonia Lira (UFCG), exercendo suas atividades na Escola Estadual Senador Argemiro de Figueiredo e na Escola Augusto dos Anjos, ambas localizadas em Campina Grande – Paraíba – Brasil, sendo desenvolvidos mapas e outros materiais táteis, com o objetivo de facilitar a compreensão dos estudantes, entre eles alguns com DV nas aulas de Geografia. Esse trabalho foi encaminhado por licenciandos da UFCG em conjunto com alunos das turmas onde se desenvolvia o projeto. Tal trabalho teve relevância social e educacional, pois contribuiu para ampliação espacial para aqueles com DV, contribuindo nas mobilidades destes sujeitos dentro e fora do espaço escolar, ademais favoreceu a construção dos conhecimentos geográficos.

Veja o artigo completo: PDF