Resumo Trabalho

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL: ABORDAGEM QUÍMICA UTILIZANDO A LUDICIDADE NUMA TURMA INCLUSIVA

ADRIANA PINTO FERREIRA

O método de ensino tradicional, como o uso exclusivamente da retórica do professor, do quadro e do giz, vem sendo perpetuado em muitas disciplinas da área das Ciências Exatas, particularmente, na Química. Tal método não corrobora para uma construção do conhecimento químico, pois grande parte dos docentes não muda a metodologia de ensino. Este fato é mais proeminente quando discorremos a um público composto por estudantes deficientes intelectuais (DI), estes que apresentam uma cognição lenta. Nesta perspectiva, o presente trabalho objetivou desenvolver uma atividade lúdica diferenciada, por meio do “Show da Química Inclusivo”, para uma turma composta por alunos deficientes intelectuais. A metodologia utilizada teve um cunho participante. A princípio, foi passado um Questionário de Sondagem (QS), e em seguida, foi desenvolvido por alunos integrantes do Programa de Educação Tutorial – PET Química, do Instituto Federal da Paraíba – IFPB, Campus João Pessoa, a atividade “Show da Química Inclusivo”, por intermédio de um teatro, onde criou-se um roteiro com o tema Horta Orgânica e Alimentação Saudável , para esses alunos. Os resultados obtidos durante e após a encenação do teatro foi positivo, os alunos DI participaram ativamente da atividade interagindo com os colegas e com os personagens da peça teatral representados pelos alunos PETianos. Portanto, a importância da atividade apresentada demonstra que incluir o aluno com deficiência intelectual não é apenas permitir, por meios legais, sua permanência na escola regular. Fazem-se necessárias modificações para motivá-lo no processo de ensino e aprendizagem, a fim de desenvolver suas competências.

Veja o artigo completo: PDF