Resumo Trabalho

EDUCAÇÃO QUILOMBOLA: UMA ANÁLISE A PARTIR DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DA ESCOLA FIRMO SANTINO EM CAIANA DOS CRIOULOS

ÉRICA CIBELLE DE SOUSA ARAÚJO

O Projeto Político Pedagógico se constitui no pilar básico que concentra as ações e práticas educativas escolares. A partir dele são definidas as organizações curriculares e que definem as finalidades da escola. Visto isso, torna-se imprescindível elaborá-lo de maneira democrática e igualitária, no sentido em adequar de forma metodológica à realidade educativa e social que é apresentada no cotidiano escolar, sua função é destacar a política e perfil filosófico da instituição. No contexto da realidade educativa das comunidades quilombola, a culminância do projeto pedagógico viabiliza as diretrizes que são elaboradas para a comunidade escolar, demarcando modos e formas de educar. Este artigo tem por objetivo analisar as propostas educacionais contidas no projeto pedagógico da Escola Firmo Santino, na comunidade quilombola Caiana dos Crioulos, localizada no município de Alagoa Grande – PB. Desse modo, verificar como o projeto da referida escola empreende a partir do projeto político pedagógico uma proposta de educação antirracista que venha na propositura de práticas inclusivas e alçadas numa pedagogia dialógica no sentido de contribuir para formação da criança negra e não negra desta comunidade. Para isso, metodologicamente, contamos com a análise do próprio PPP da escola, bem como, estudos desenvolvidos a partir de VASCONCELOS(1995), BETINI(2005) e da Lei 10.639/03 que torna incluso no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática História e Cultura Afro-Brasileira. Para tanto, além de contar com uma base metodológica e fundamental diante dos acervos explorados, proporcionaremos ainda uma discussão e reflexão perante a formação docente na Educação Básica.

Veja o artigo completo: PDF