Resumo Trabalho

A DIVERSIDADE ÉTNICO-RACIAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL: PRÁTICAS INCLUSIVAS A PARTIR DE EXPERIÊNCIAS NO ESTÁGIO DOCENTE

ELIZÂNGELA GOMES FERNANDES

O presente artigo tem como objetivo principal discutir a diversidade étnico-racial, numa perspectiva inclusiva, no currículo da Educação Infantil. São reflexões decorrentes de uma experiência docente, durante Estágio Supervisionado neste nível de educação. Trata-se de um estudo de caráter qualitativo e de uma pesquisa do tipo pesquisa-ação. O campo de investigação foi uma instituição pública de Educação Infantil, do município de Campina Grande – PB, localizada na zona urbana desta cidade. Os sujeitos envolvidos foram crianças na faixa etária de 4 a 5 anos, e a própria pesquisadora na condição, também, de professora estagiária. Para coleta de dados, fizemos uso de observações às atividades planejadas e propostas às crianças, destacando o envolvimento dessas crianças com o meu objeto de estudo, a questão da diversidade étnico-racial. As observações eram registradas, durante o referido estágio, em “diário de campo”. Para respaldar nossas discussões, busquei respaldo em estudos realizados por: Paniagua e Palácios (2007); Weber (1994); Oliveira (2006), dentre outros. O estudo evidencia, que práticas curriculares e pedagógicas na Educação Infantil, podem ser constitutivas de experiências que propiciem, às crianças, respeito à diversidade étnico-racial. Por fim, concluímos que se faz necessário, no processo de formação docente, a intensificação do debate acerca de conteúdos culturalmente elaborados, a serem incluídos e explorados no interior dessas práticas, desde a Educação Infantil.

Veja o artigo completo: PDF