Resumo Trabalho

A DANÇA E O TREINAMENTO FUNCIONAL: QUAL A MELHORA NA MARCHA E EQUILÍBRIO DO IDOSO?

Autor(es): PRISCILA ROCHA, PATRÍCIA MAFUZA DO NASCIMENTO DE OLIVEIRA, RICARDO AUGUSTO DAMÁSIO, STEFANNY FERREIRA DE SOUZA e orientado por EDUARDO MENDONÇA SCHEEREN

O objetivo desse estudo foi verificar os efeitos da prática de um programa de treinamento físico por meio da dança e funcional, na marcha e no equilíbrio de idosos asilados. Foram separados dois grupos de idosos com idade de 60 a 80 anos da cidade de São José dos Pinhais, como critério de inclusão foram idosos asilados com dificuldades na marcha e equilíbrio, não sendo cadeirantes, ou com impossibilidade de mobilidade (amputados, uso de próteses e acamados). O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com o número 37153514.2.0000.0100. Os testes aplicados foram pré e pós intervenção, sendo que para o equilíbrio foi o protocolo de Berg, e para a marcha o protocolo de Timed Up And Go. A intervenção consistiu de treinamentos de Dança e Funcional com duração de 30 minutos durante três semanas respeitando as recomendações do ACSM. Os 20 participantes foram divididos em dois grupos pareados de 10 participantes, sendo um grupo de intervenção com prática de dança e um grupo de intervenção com prática em treinamento funcional. Em relação ao pré-teste, não foi identificado diferença entre os grupos (p=0,791). A comparação entre os grupos dança e funcional, não se obteve resultados significativos em nenhum dos testes. Porém o programa proposto apresentou melhorias significativas em relação ao teste marcha e equilíbrio de idosos asilados.

Veja o artigo completo: PDF