Resumo Trabalho

PREVALÊNCIA DE DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM EM IDOSAS INSTITUCIONALIZADAS

Autor(es): KAMILA GIULINA BAIL, THAYNE DA ROSA SICORRA, KAMILA MOREIRA e orientado por JACY AURELIA VIEIRA DE SOUSA

Estudo descritivo com objetivo de analisar diagnósticos de enfermagem mais frequentes no cuidado ao idoso diabético institucionalizado, desenvolvido de julho a setembro de 2017, em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) dos Campos Gerais, Paraná. Com uma amostra de doze idosas, utilizou-se para a coleta dos dados instrumento contendo questões sociodemográficas e clínicas, guia para exame físico, Mini exame do estado mental e Escala de Katz. Projeto encaminhado ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Estadual de Ponta Grossa, com parecer favorável no. 561.535. Foram identificados 21 diagnósticos de enfermagem, incluindo, riscos de quedas, aspiração, infecção e integridade da pele prejudicada, dentição e memória prejudicada e déficit no autocuidado. Concluiu-se que uma ILPI gera mudanças relacionadas ao declínio acelerado da capacidade funcional e cognitiva. A gestão do cuidado de enfermagem deve considerar peculiaridades de cada residente, especialmente na presença de doenças crônicas, como o diabetes.

Veja o artigo completo: PDF