Resumo Trabalho

O USO DA SIMULAÇÃO COMO BASE PARA REFLEXÃO DE CUIDADORES FORMAIS DE IDOSOS

Autor(es): THAYNE DA ROSA SICORRA, KAMILA GIULINA BAIL, TAINA LUANA WASCOSKI, KAMILA MOREIRA e orientado por JACY AURELIA VIEIRA DE SOUSA

As Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI) são muitas vezes alternativas possíveis para muitos idosos, pois conforme o aumento da dependência dos idosos necessita-se uma assistência de longo prazo ofertada pela ILPI, que pode ser realizada por cuidadores formais. O objetivo do presente estudo foi estimular a reflexão dos cuidadores de uma ILPI sobre o serviço prestado a idosos, a partir da vivência pessoal de características próprias da velhice. Pesquisa descritiva, exploratória, com abordagem qualitativa, do tipo relato de experiência sobre a oficina denominada “Jogo do envelhecimento”, realizada em outubro de 2017 e desenvolvida por docentes e discentes do curso de Bacharelado em Enfermagem da Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paraná. Ao final de todas as etapas da oficina, os profissionais reuniram-se em uma roda de conversa para discutir a experiência do jogo do envelhecimento. O recurso da simulação clínica com cuidadores de idosos institucionalizados permitiu a fala dos sujeitos como expressão de suas vivências. Por meio dos relatos durante a oficina, houve um processo reflexivo das ações e comportamentos relacionados à assistência prestada na ILPI pelos cuidadores envolvidos na atividade.

Veja o artigo completo: PDF