Resumo Trabalho

UMA PROPOSTA DE ANÁLISE SETORIAL DA ACESSIBILIDADE EM INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS

Autor(es): EMMANUEL SÁ RESENDE PEDROSO, DANIELLE LOPES VILAS, LÍDIA MARTINS DE ALMEIDA, VICTOR JOSÉ BOCAFOLI MACHADO

O envelhecimento da população brasileira verificado nas últimas décadas tem demandado um número cada vez maior de equipamentos urbanos voltados à terceira idade. Dentre tais necessidades, encontram-se as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs). Entretanto, tais moradias, sobretudo aquelas filantrópicas ou públicas por vezes revelam-se inacessíveis, o que tende a prejudicar diretamente o seu uso e apropriação pelos residentes. Assim, é preponderante identificar as possíveis barreiras existentes nestes espaços, de modo a estabelecer uma base de dados norteadora de ações futuras voltadas para a promoção da acessibilidade. O objetivo geral deste trabalho consiste em uma síntese da estrutura de uma proposta de análise da acessibilidade em ILPIs, a partir da consideração das especificidades inerentes a cada um de seus setores, elaborada no Projeto de Treinamento Profissional “Acessibilidade em Instituições de Longa Permanência para Idosos”, desenvolvido na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Juiz de Fora (FAU/UFJF). Para tanto, foi a adotada a técnica da documentação indireta no intuito de realização de uma revisão bibliográfica sobre os temas idoso, ILPI, avaliação pós-ocupação e acessibilidade. Logo, por meio da apresentação dos aspectos gerais que embasaram a proposição do instrumento em questão, bem como de sua configuração, foram evidenciadas: (1) a estrutura setorial da análise pretendida; (2) as possibilidades de obtenção de dados particionados – relacionados a cada setor – ou totais, da instituição; e (3) os possíveis desdobramentos positivos decorrentes de seu emprego.

Veja o artigo completo: PDF