Resumo Trabalho

O ENVELHECIMENTO DO TRABALHADOR NO CENÁRIO INDUSTRIAL: ESTADO DA ARTE

Autor(es): SUSANA DE OLIVEIRA PIMENTA, NOÉLLY CRISTINA HARRISON MERCER , GINA MARINI VIEIRA FERREIRA

A transição demográfica, em andamento no Brasil, segue as tendências mundiais e exige a reestruturação de diversos setores da sociedade, como o trabalho e a previdência social. O objetivo do trabalho foi analisar o estado da arte das publicações científicas sobre o envelhecimento do trabalhador no cenário industrial. A metodologia utilizada foi uma revisão sistemática de literatura. As palavras-chave utilizadas na pesquisa foram: “envelhecimento, trabalhador e indústria”, com seus correspondentes em inglês, nas bases de dados: PsycInfo e Scielo. Foram incluídos estudos publicados entre os anos de 2008 e 2018, realizados por pesquisadores de 15 países. A triagem inicial resultou em 141 publicações. Após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, 27 artigos foram analisados na íntegra. Os resultados mostram que 59% foram estudos quantitativos; 93% foram publicados na língua inglesa; 19% foram produzidos no ano de 2009; 25% foram publicados por pesquisadores dos EUA; 70% deram enfoque no trabalhador e 11% estudaram a indústria da construção civil. Quanto aos principais temas abordados, destaca-se: i) Capacidade para o trabalho, segurança e saúde (estresse, capacidades físicas); ii) necessidades psicossociais (exigências do trabalho, subjetividade, medidas preventivas, equidade de gênero); iii) empregabilidade e perdas salariais; iv) aprendizagem, qualificação e motivação para crescer; v) preconceito e conflitos intergeracionais; vi) adaptação e compensação; e vii) retenção de conhecimento. Concluiu-se que a revisão sistemática realizada confirmou que existem desafios no processo de envelhecimento da população economicamente ativa, que já são vivenciados dentro das indústrias.

Veja o artigo completo: PDF