Resumo Trabalho

OS IMPACTOS DA INFORMÁTICA NA VIDA DOS ESTUDANTES DA UNATI DE NATAL/RN: UMA NOVA LINGUAGEM NA EDUCAÇÃO PARA O IDOSO.

Autor(es): LÉCIA ALVES SOARES PONTES

A inclusão da informática na educação para a pessoa idosa é uma proposta ofertada pela Universidade Aberta para a Terceira Idade (UnATI). Compreendendo a relevância da educação, da reinserção social e da inclusão digital no processo de aprendizagem, questionei “quais os impactos da informática na vida dos estudantes da UnATI de Natal/RN”. Para atender aos objetivos dessa pesquisa, fui a campo conhecer essa nova Proposta de Educação Permanente direcionada à terceira idade, daí, entender o papel da educação no processo de ressocialização do idoso a partir do ponto de vista dos atores que compõem o cenário; assinalar o impacto da informática no cotidiano dos sujeitos da pesquisa; os reflexos à saúde e à qualidade de vida desses sujeitos e quais os desafios enfrentados pelo idoso na inserção ao mundo digital. A pesquisa foi realizada na Instituição de Ensino Superior Universidade Potiguar (UnP), Unidade Floriano Peixoto, em Natal/RN, por meio de uma entrevista semiestruturada com 5 alunos, 1 professor do curso de informática, além da coordenadora do Programa, respeitando o momento das aulas bem como o espaço de educação. Para obtenção e transcrição das informações utilizei um roteiro de perguntas e um gravador. Referências teóricas como (CAMARANO, DEBERT e MARINHO) embasaram a pesquisa. Os resultados demonstraram que, além da UnATI, a inclusão digital constitui-se fator benéfico para o idoso, pois além de contribuir para a melhoria cognitiva, reflete na qualidade de vida, na saúde e, principalmente, na reinserção desse indivíduo ao meio social, rompendo com os estereótipos de uma sociedade excludente.

Veja o artigo completo: PDF