Resumo Trabalho

A INCLUSÃO DIGITAL COMO INSTRUMENTO DE INTERVENÇÃO EM SAÚDE MENTAL NO ENVELHECER EM SESC ESTREITO-SC

Autor(es): BRUNA DA SILVA PINHEIRO MARTINS

O presente instrumento visa apresentar as atividades praticas que vem sendo executada na unidade do SESC em Santa Catarina, no bairro Estreito, no município de Florianópolis. Atividades estás atreladas ao projeto "idoso empreendedor" que atua por meio da inclusão digital em conjunto com o processo grupal para ensinarem idosos a utilizar smartphones e computadores, logo atuam com o empreendedorismo social executando assim o protagonismo. A partir da analise e intervenções executadas pela equipe técnica, chegou-se a conclusão que as atividades de intervenção promovem saúde mental, agindo de forma a prevenir doenças mentais que acometem idosos em seu processo de envelhecer, como depressões, ansiedade, demências, entre outras. Com a estimulação cognitiva por meio do processo de aprendizagem dos aparelhos tecnológicos, em conjunto com o envelhecimento ativo e saudável e o processo grupal,são eles o agente principal de promoção e prevenção em saúde mental. O estudo a seguir foi realizado através da observação ativa e da elaboração de um questionário aplicado aos sujeitos participantes do projeto através do Google Forms. Além da pesquisa para a elaboração do estudo de campo, utilizamos também um estudo documental dos dados do IBGE e de autores que tratam do assunto para uma melhor compreensão dos resultados da pesquisa.

Veja o artigo completo: PDF