Resumo Trabalho

DOENÇA DE ALZHEIMER: GENÉTICA E NOVOS AVANÇOS

Autor(es): ANDRÉIA DE OLIVEIRA MILITÃO, ANGELA MARIA SALES BARROS

A Doença de Alzheimer (DA) é uma patologia neurodegenerativa, definida clinicamente por declínio lento e progressivo de funções cognitivas. Promove demência e o óbito advém, em média, no período de oito anos. Sob critérios genéticos a DA é classificada como de início precoce e de início tardio, denominações essas baseadas na idade de aparecimento dos sintomas. Objetivos: Reunir informações relevantes sobre a DA com ênfase à genética e aos novos avanços. Métodos: Revisão literária, baseada em artigos clássicos e recentes, utilizando o Google Acadêmico e o NCBI. Resultados: A DA apresenta alta complexidade genética, com muitos genes já identificados e outros que continuam em estudo. A nanotecnologia, terapia celular e uso de biomarcadores são técnicas recentes estudadas como formas de tratamentos e/ou cura da DA. Conclusão: A elucidação completa da doença ainda requer muitos estudos e a heterogeneidade clínica retarda resultados satisfatórios. Mas, as inúmeras pesquisas estão contribuindo, ainda que lentamente, para um maior entendimento da doença.

Veja o artigo completo: PDF