Resumo Trabalho

IDOSOS INTERNAUTAS E AS REDES SOCIAIS: MELHORIA DO BEM ESTAR E FIM DA SOLIDÃO NA VELHICE

Autor(es): LIDIANE SOUZA DE MACENA DEZIDERIO e orientado por ANA KARINA DA CRUZ MACHADO

A aposentadoria e a fragilidade trazida pela velhice fazem com que as pessoas idosas se sintam mais introspectivas. As relações sociais, por conseguinte, se tornam mais escassas e a solidão é um dos sentimentos mais descritos em diversos estudos da terceira idade. O autor Dias (2015), relata que quando os idosos, descobrem que podem se comunicar com outras pessoas em qualquer lugar do mundo, existe um grande fascínio pela internet, seguidos por uma vontade crescente de realizar novas conexões. Este trabalho objetiva analisar a influência das redes sociais no aspecto de melhoria do bem-estar e combate a solidão da pessoa idosa. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica de caráter qualitativo, na base de dados Scielo, Revista Renole, entre outras publicações. Nos resultados podemos observar a evidência de que o mundo tecnológico tem atraído cada vez os idosos. Conclui-se, que o avanço da idade provoca a exclusão social, ainda que de maneira involuntária, no entanto, as redes sociais por se darem como um processo dinâmico, de interação, participação e conversação, permitem as trocas e o sujeito idoso pode satisfazer parte de suas necessidades sociais conversando com parentes e amigos distantes ou próximos, além de fazer novas amizades e participar da vida dos seus ente queridos, ainda que virtualmente.

Veja o artigo completo: PDF