Resumo Trabalho

“QUE GÊNERO É ESSE, VIADO?”, OU COMO OS ESTUDANTES DE LETRAS/LÍNGUA PORTUGUESA COMPREENDEM GÊNERO

Autor(es): LUDMILA MOTA DE FIGUEIREDO PORTO, JOÃO MATIAS DA SILVA NETO

Este trabalho é proveniente de projeto de pesquisa em desenvolvimento no PIBIC (CAPES/CNPq) e objetiva refletir sobre como o conceito de gênero é compreendido por estudantes do Curso de Licenciatura em Letras (Língua Portuguesa) da Universidade Estadual da Paraíba, no campus I, localizado na cidade de Campina Grande-PB. Uma vez que esses sujeitos serão futuros professores do Ensino Básico, compreende-se que precisam estar preparados para lidar com identidades de gênero diversas em sala de aula. Pautado nas reflexões do Círculo de Bakhtin acerca do enunciado concreto, dos sentidos, do dialogismo e da compreensão, este estudo toma por base um mapeamento de identidades de gênero emergentes entre os estudantes de Letras (Língua Portuguesa) da UEPB, após responderam a um questionário, aplicado durante o procedimento de coleta de dados. A partir desses questionários, foi realizada a seleção de estudantes que assumiam identidades de gênero diversas para realização de entrevistas, que constituíram nosso corpus discursivo de análise, cuja apreciação preliminar permitiu observar que ainda há pouco espaço para a discussão sobre diversidade de gênero no âmbito do referido curso universitário, o que acarreta, algumas vezes, confusão entre os estudantes acerca dos próprios conceitos englobados pelo universo do gênero. Diante dessa realidade, faz-se necessário maior investimento humano na discussão sobre essas temáticas, a fim de propagar o conhecimento como forma de combate ao preconceito e como propulsor da tolerância à diversidade no cenário educacional.

Veja o artigo completo: PDF