Resumo Trabalho

ESTUDO DA CAPACIDADE DE PRODUÇÃO DE ENERGIA EÓLICA DO ESTADO DA PARAÍBA

Autor(es): ADRIANO JOSÉ DE FARIAS LEANDRO, JOSÉ VICTOR ANTUNES PAMPLONA e orientado por MARCELO BEZERRA GRILO

A sociedade atual demanda cada vez mais energia elétrica, cuja obtenção está diretamente relacionada a questões econômicas e ao meio ambiente. A busca pela redução da ação invasiva do homem no ambiente está cada vez mais presente na sociedade. Assim, a utilização de energias mais limpas, dentre estas a energia eólica, que é proveniente da ação dos ventos, cuja produção é dotada de um pequeno impacto ambiental quando comparada a energias convencionais. Observa-se um crescente interesse por parte de investidores nesse tipo de energia no Brasil, pois o potencial eólico do país é elevado. O Nordeste brasileiro é a região com a maior capacidade de geração de energia eólica, os estados com maior destaque sejam por pioneirismo ou capacidade nominal de produção são: Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte. A Paraíba possui um grande potencial, sendo uma região que está atraindo investimentos para a instalação de parques eólicos. A proposta deste trabalho visa analisar, quantificar e expor a evolução da capacidade nominal de produção de energia eólica no estado da Paraíba ao longo dos anos, além de apresentar dados de capacidade nominal de produção em nível nacional e internacional, para fins comparativos.

Veja o artigo completo: PDF