Resumo Trabalho

ESTUDO FITOQUÍMICO PRELIMINAR DO EXTRATO HIDROALCOÓLICO DE CYPERUS ARTICULATUS L.

Autor(es): JOSÉ JAILSON LIMA BEZERRA, CARLOS LUIZ DA SILVA e orientado por ANA PAULA DO NASCIMENTO PRATA; TICIANO GOMES DO NASCIMENTO

O conhecimento das substâncias químicas provenientes do metabolismo secundário de plantas tem sido de grande relevância para a indústria farmacêutica, tendo em vista que muitos destes compostos possuem propriedades terapêuticas específicas. Assim sendo, a fitoquímica tem se tornado uma grande aliada para a identificação de metabólitos secundários a partir do material vegetal. Este trabalho foi realizado com o objetivo de proceder um estudo fitoquímico preliminar utilizando o método de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE) para analisar os constituintes químicos presentes nos extratos hidroalcoólicos da parte aérea e subterrânea de Cyperus articulatus L. O material vegetal foi coletado na Serra Dois Irmãos, Viçosa, Alagoas, no mês de janeiro de 2018 e o voucher depositado no Herbário do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (MAC). Para realizar a prospecção fitoquímica, foram obtidos extratos hidroalcoólicos de Cyperus articulatus. As frações do extrato bruto da parte aérea (solubilizado em metanol) e da parte subterrânea (solubilizado em hexano e clorofórmio) desta espécie foram analisadas por meio da técnica de CLAE, em comprimentos de onda a 254, 275 e 320 nm, durante 72 minutos. O perfil cromatográfico da espécie revelou que foram identificados compostos de importância farmacêutica. As substâncias que obtiveram destaque na parte aérea foram os derivados do Ácido ferúlico e derivados do Ácido gálico, enquanto que na parte subterrânea foi identificado o Ácido clorogênico e seus derivados. Desta forma, a presente análise fitoquímica preliminar sugere que C. articulatus é uma planta potencialmente medicinal, apresentando compostos que possuem propriedades antioxidantes, mas vale ressaltar que outros estudos são necessários para confirmar a atividade biológica desta espécie.

Veja o artigo completo: PDF