Resumo Trabalho

PERFIL CROMATOGRÁFICO DOS EXTRATOS HIDROALCOÓLICOS DA PARTE AÉREA E SUBTERRÂNEA DE KYLLINGA ODORATA VAHL

Autor(es): JOSÉ JAILSON LIMA BEZERRA, CARLOS LUIZ DA SILVA e orientado por ANA PAULA DO NASCIMENTO PRATA; TICIANO GOMES DO NASCIMENTO

A família Cyperaceae Juss. é amplamente difundida em várias regiões do Brasil. Alguns estudos farmacológicos tem evidenciado o potencial medicinal de espécies desta família, o que tem contribuído satisfatoriamente para a elucidação de novos compostos de importância terapêutica. Desta forma, o presente trabalho foi realizado com o objetivo de proceder um estudo fitoquímico preliminar utilizando o método de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE) para analisar os constituintes químicos presentes nos extratos hidroalcoólicos da parte aérea e subterrânea de Kyllinga odorata Vahl. O material vegetal foi coletado no Centro de Ciências Agrárias (CECA) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), no mês de agosto de 2017. Para realizar a prospecção fitoquímica, foram obtidos extratos hidroalcoólicos desta espécie. As frações do extrato bruto da parte aérea (solubilizado em metanol) e da parte subterrânea (solubilizado em hexano e clorofórmio) de K. odorata foram analisadas por meio da técnica de CLAE, em comprimentos de onda a 254, 275 e 320 nm, durante 72 minutos. Os resultados obtidos revelaram que os compostos identificados por meio da técnica utilizada na parte aérea foram os derivados do Ácido ferúlico, derivados do Ácido p-coumarico e a Miricitrina, enquanto que na parte subterrânea, foi constatada a presença de quatro substâncias conhecidas: derivado do Ácido clorogênico, Quercetina, Luteolina e Crisina. É importante ressaltar que este estudo faz parte de uma análise preliminar dos constituintes químicos de interesse farmacológicos presentes na espécie K. odorata, e que novas pesquisas são necessárias para comprovar os efeitos medicinais da planta.

Veja o artigo completo: PDF