Resumo Trabalho

GERADOR DE PULSO DE ESTIMULAÇÃO TRANSCRÂNIANA PARA MODULAÇÃO DA DOR NA LOMBALGIA

Autor(es): MARÍLIA AMORIM DE SOUZA, MARIANA CARLA OLIVEIRA LUCENA, SAULO FREITAS PEREIRA e orientado por DANILO DE ALMEIDA VASCONCELOS

A dor lombar, ou lombalgia, pode ser caracterizada por um quadro de desconforto, fadiga ou rigidez muscular localizada no terço inferior da coluna vertebral.Devido aos altos índices de incidência e à sua etiologia multifatorial, muitas vezes relacionada a causas mecânico-posturais, torna-se a fisioterapia uma importante indicação para o tratamento da doença. Desse modo, destacamos a estimulação transcraniana por corrente contínua (ETCC) como modalidade terapêutica alternativa e não invasiva para alívio de dores na lombalgia. Nesse contexto, o presente estudo propõe o desenvolvimento de um gerador pulso de estimulação transcraniana por corrente contínua para modulação da dor na lombalgia, de forma que seja acessível, de fácil aplicabilidade e operacionalização para os indivíduos que irão manusear o produto. O presente estudo trata-se de uma pesquisa experimental com abordagem explicativa desenvolvida no Laboratório de Motricidade Humana e Neurociências (LAMHNEC) vinculado ao programa de Pós-graduação em Ciências e Tecnologia em saúde do Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (NUTES) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Após o lancçamento final do produto será realizada a análise dos reais efetitos do etcc em indíviduos portadores de dor lombar, atráves da aceitação do comitê de ética será realizada avaliação clínica, cinesiológica-funcional e eletromiográfica nos pacientes dos dois grupos da pesquisa, o controle e o experimental. No segundo contato será iniciada a intervenção terapêutica do seguinte modo: os pacientes do grupo controle receberão tratamento fisioterapêutico convencional para lombalgia, que incluem alongamento cinco vezes, uma vez ao dia, durante uma 5 dias. O grupo experimental receberá o tratamento fisioterapêutico convencional, semelhante ao descrito acima, e aplicação da Estimulação Transcraniana por Corrente Contínua (ETCC). Serão realizados 5 atendimentos que ocorrerão cinco vezes durante a semana, seguindo os seguintes parâmetros: corrente de 2mA durante 20 minutos. Para o desenvolvimento final do produto, o equipamento de ETCC do presente estudo, seguiu as seguintes especificações técnicas: possuir corrente DC de 250-5000 µA com incremento de 250 µA, forma de pulso quadrada, voltagem máxima de + - 22 V e alimentação por bateria recarregável. O gerador de pulso para ETCC caracteriza-se por ser um equipamnto digital que proporciona um método de neuromodulação indolor e não-invasivo, demostrando desse modo um amplo potencial de aplicabilidade na área de modulação da dor em portadores de DTM.

Veja o artigo completo: PDF