Resumo Trabalho

DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIA NÃO CONVENCIONAL PARA A CONSTRUÇÃO CIVIL: TIJOLO DE SOLO-CIMENTO COM RESÍDUO DA BAUXITA INDUSTRIAL

Autor(es): CÁSSIA MONALISA DOS SANTOS SILVA, JOÃO VICTOR DA CUNHA OLIVEIRA, ANEKELI SOARES DE OLIVEIRA , FRANKSLALE FABIAN DINIZ DE ANDRADE MEIRA

Diante dos avanços no campo da construção civil, as tecnologias de âmbito sustentável, como o tijolo de solo-cimento, emergem na atualidade como alternativa para reduzir custos com mão de obra especializada e alto consumo de energia, ratificando uma atuação ecologicamente correta no emprego de bens de consumo dentre os materiais de construção disponíveis no mercado. Este trabalho possui o enfoque de explanar sobre a realização de testes laboratoriais, mensurando o desempenho de tijolos de solo-cimento incorporando em sua composição o resíduo da bauxita frete à resistência à compressão axial e porosidade do material para uso em alvenaria. Para fabricação dos modelos para os testes, envolveu-se o cimento, solo com propriedades areno argilosas, resíduo e água de amassamento proveniente do abastecimento público da cidade de Niquelândia-GO. Foram determinadas 11 formulações, com 1 de referência e o restante com resíduo aplicado em frações de 10% em cada traço, até atingir 100% de agregado miúdo substituído. Após a homogeneização a seco em sacos plásticos, e a úmido de modo manual, conformou-se os tijolos manualmente em fôrmas duplas de madeira. Após 24 horas, os mesmos foram desformados e passaram por um período de cura úmida durante os 7 primeiros dias com molhagem diária, e após completarem 28 dias, realizou-se dos testes físico-mecânicos. Com relação ao teor poroso, o traço T-09 evidenciou o menor e melhor resultado com 16,89% de poros, e a resistência do traço T-11 com 100% de resíduo foi superior ao traço de referência T-01 em 67,5%, efetivando total aplicação do resíduo.

Veja o artigo completo: PDF