Resumo Trabalho

DESNATURALIZANDO A HISTÓRIA DA CIÊNCIA

Autor(es): RAFAELLA DE SOUSA SILVA

Esse artigo constrói uma leitura historiográfica sobre a História da Ciência, contextualizando a emergência da ciência na modernidade como conceito singular. Nesse sentido, sugere a parceria com autores dos campos dos estudos culturais e sociais para provocar uma reflexão sobre como foi pensada a ciência, e quais critérios, métodos, técnicas e concepções de neutralidade, racionalidade e verdade, que circulam inclusive no seio social, são usadas para separar e legitimar o que é conhecimento científico e não-científico. Logo, propõe a desnaturalização do processo científico e o relaciona com as demandas sociais que terminam por gerar as pautas sobre o que deve ser pesquisado e que resultados devem ser obtidos. Questionando se a ciência não é mais dependente da sociedade, que a sociedade dela. Ou melhor, reconhecendo a interdependência entre ambas as partes. Sendo assim, esse artigo propõe nos deslocar do lugar confortável de experts, para refletirmos sobre a ética e o respeito que deve existir para com o humano, que somos e representamos.

Veja o artigo completo: PDF