Resumo Trabalho

A PERCEPÇÃO AMBIENTAL DOS ALUNOS DE UMA ESCOLA DE CURRAL VELHO-PB SOBRE A CRIAÇÃO DE AVES SILVESTRES

Autor(es): LETÍCIA LEITE COSTA, EMILLY MICAELY DE OLIVEIRA CARDOSO, LUANA DUARTE DE OLIVEIRA e orientado por THAMARA DE MEDEIROS AZEVEDO

A criação ilegal de aves silvestres é umas das principais ameaças a avifauna da caatinga, resultante de uma histórica prática cultural, que é favorecida pelo desconhecimento das pessoas a respeito dos prejuízos causados ao meio ambiente. O presente estudo buscou verificar a ocorrência desse hábito no âmbito familiar dos alunos de uma escola de Curral Velho-PB, e a percepção ambiental que apresentam quanto a criação de aves e as consequências dessa prática. A pesquisa foi realizada com 14 alunos, do 3º ano do Ensino Médio, contando com o preenchimento de questionários que abordavam acerca da ocorrência aves silvestres em cativeiro pelos os alunos, o nível de consciência ambiental e conhecimento das leis acerca da criação de aves silvestres. Além disso, foi desenvolvida uma aula expositiva dialogada com os alunos seguida pela confecção de cartazes para conscientização na escola e cidade. Com base nas respostas dos alunos verificou-se que a prática de manter aves em cativeiro ainda é bastante disseminada, havendo inclusive a criação de variadas aves silvestres e que esta prática é vista como natural entre os alunos. Quanto a percepção ambiental dos alunos, os resultados mostraram que a maioria deles apresenta um certo conhecimento sobre os prejuízos causados pela criação ilegal de aves silvestres, mas alguns revelaram que possuem atitudes contrárias ao conhecimento que possuem. Nesse sentido, isso evidencia uma deturpação quanto à percepção ambiental de estudantes e, reforça a necessidade de ações em educação ambiental que enfatizem e esclareçam os danos causados por essa prática.

Veja o artigo completo: PDF