Resumo Trabalho

ESTIMATIVA DA PRODUÇÃO DE OVOS NO BRASIL PERSPECTIVAS DE INDUSTRIALIZAÇÃO

Autor(es): PAULA TARCIANA SOARES DE HOLANDA, AMANDA GRAZIELY DA SILVA , FLÁVIA IZABELY NUNES MOREIRA e orientado por TAMIRES DOS SANTOS PEREIRA

O ovo é considerado um dos alimentos mais ricos em nutrientes da dieta humana, sendo sua composição rica em vitaminas, minerais, ácidos graxos e proteínas de excelente valor biológico, é composto por gema e clara e é ingrediente fundamental em inúmeros produtos alimentares ao agregar propriedades nutricionais e funcionais, além de conter substâncias promotoras de saúde e preventiva de doença. As pesquisas bibliográficas e descritivas, para a coleta de dados foram feitas utilizado o Sistema IBGE de Recuperação Automática – SIDRA e no levantamento dos dados da Pesquisa de Ovos de Galinha (POG). A pesquisa investiga informações sobre quantidade produzida de ovos de galinha; efetivo de galináceos (galinhas, galos, frangas, frangos e pintos); total de galinhas poedeiras e matrizeiras, incluindo frangas em postura; e causas-código que justificam as possíveis oscilações de produção. Os resultados mostraram que segundo o IBGE, em 2016, a produção de ovos de galinha foi de 3,10 bilhões de dúzias, representando um aumento de 5,8% em relação ao ano anterior. A série anual mostra que houve crescimentos ininterruptos dessa atividade, culminando em novo patamar recorde em 2016. Considerando o período 2007-2016 o valor monetário de produção apresentou aumento de mais de 60%. De janeiro a dezembro de 2016, o Índice de Preços ao Consumidor (IPCA) registrou aumento no preço dos ovos de galinha de 9,96%, indicando aumento do preço dos ovos acima do índice Geral da inflação, que foi de 6,29% para o período. Tudo isso mostra o potencial para o crescente comércio de ovos no Brasil.

Veja o artigo completo: PDF