Resumo Trabalho

ANÁLISE TEMPORAL DA VEGETAÇÃO NA SUB-BACIA DO RIO DO PEIXE, PARAÍBA/BRASIL

Autor(es): GLEYTON LOPES BARBOZA LACERDA, LÍLIAN DE QUEIROZ FIRMINO, RAYANNE MARIA GALDINO SILVA e orientado por VIRGÍNIA DE FÁTIMA BEZERRA NOGUEIRA

As regiões semiáridas são bastante afetadas com os eventos climáticos, uma das regiões mais susceptíveis é o sertão paraibano, onde a flora local é potencialmente modificada. A análise ambiental da Sub-Bacia do Rio do Peixe por meio de geotecnologias se faz necessário para buscar uma melhor compreensão das decorrentes mudanças que ocorrem na vegetação nativa local. O presente estudo tem por objetivo analisar as alterações na Biomassa Vegetal da Bacia do Rio do Peixe nos anos de 1989, 2001 e 2011 por meio de uma relação com eventos climáticos, sendo estes, a Precipitação Média Anual, Precipitação Média Mensal para o mês de agosto, o El Niño e o La Niña. Os dados de precipitação anual média para os anos de 1989, 2001 e 2011 e os dados de precipitação mensal para o mês de agosto dos referidos anos foram retirados da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) e da Agência Executiva de Gestão das Águas no Estado da Paraíba (AESA) e, em seguida, organizados em uma tabela para análise. O estudo das participações dos fenômenos do El Niño e La Niña na biomassa vegetal se fará pela interpretação de tabelas e registro históricos, de modo a se obter a possível sobreposição dos registros dos fenômenos com os anos de 1989, 2001 e 2011. Os mapas de representação da biomassa vegetal foram gerados para serem relacionados aos resultados obtidos na interpretação dos eventos climáticos avaliados.

Veja o artigo completo: PDF