Resumo Trabalho

PERCEPÇÕES DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA DE ESCOLAS PÚBLICAS DA PARAÍBA EM RELAÇÃO AO FRACASSO ESCOLAR

Autor(es): DANÚBIO LEONARDO BERNARDINO DE OLIVEIRA, JOSÉ TORRES COURA NETO, CAMILA LIMA DO NASCIMENTO e orientado por KELLI FAUSTINO DO NASCIMENTO

Abordar o tema fracasso escolar traz consigo uma série de pré-conceitos inerentes à sociedade brasileira devido à construção tempestuosa da trajetória educativa brasileira. Porém, será que as escolas públicas de ensino básico, além do ensino médio, estão preparadas para atuar na consolidação dos conhecimentos necessários ao amplo mercado de trabalho bem como preparar o indivíduo parar participar em uma sociedade democrática como cidadão? Estas perguntas permeiam as discussões dos atuantes no ensino quais são a favor e/ou contra. O presente trabalho teve como principal objetivo a integração com a bibliografia de cunho pedagógico com a pesquisa investigativa de professores da educação básica com o fracasso escolar. O universo da pesquisa foi composto por três professores de escolas públicas de Ensino Fundamental e/ou Ensino Médio de dois municípios do interior da Paraíba. A partir das informações encontradas, verifica-se grande ênfase nas concepções individualizantes em relação à queixa/fracasso escolar, considerando inato ao próprio indivíduo. Desta forma, o processo de escolarização é encarado como responsabilidade individual do aluno, do professor ou da família. Ao culpabilizar o indivíduo, retira a responsabilidade da sociedade e das políticas públicas impostas à organização escolar.

Veja o artigo completo: PDF