Resumo Trabalho

ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DOS ALUNOS QUANTO À COMPOSTAGEM

Autor(es): CARLA DELANIA MONTEIRO CAVALCANTI, QUÉZIA RAQUEL RIBEIRO DA SILVA, VITÓRIA SOBREIRA DE AQUINO, IZABELLA REMÍGIO AGRA e orientado por MARIA BETANIA HERMENEGILDO DOS SANTOS

Por meio das atividades associadas à educação ambiental os alunos passam a conhecer o destino adequado de cada tipo resíduo sólido, dentre esses, os orgânicos, que podem ser degradados durante o processo de compostagem, resultando em um adubo natural utilizado para promover a melhoria do solo por elevar os teores nutricionais. Baseado no apresentado, a escola deve se propor a desenvolver ações educativas para a aprendizagem efetiva de ações que preservem o meio ambiente, como também proporcionar situações para que os discentes possam pôr em prática o que aprenderam em prol de uma convivência amigável com este. Ante o exposto, este trabalho teve como objetivo analisar a percepção dos discentes quanto à compostagem. A pesquisa foi realizada em uma escola pública da cidade de Areia - PB, tendo como público-alvo treze alunos do 9º ano do ensino fundamental e a abordagem utilizada foi a quali-quantitativo. Como instrumento de coleta de dados utilizou-se um questionário. Os resultados obtidos mostram que os alunos sabem o que são resíduos orgânicos e concordam que o descarte não deve ser feito junto a outros materiais como plástico ou papel e que o aproveitamento das sobras dos alimentos se constitui em um forte aliado contra o problema do lixo. Porém, os discentes não conhecem a compostagem, mas se mostram interessados em construir composteiras e juntamente com os colegas, o seu próprio adubo natural.

Veja o artigo completo: PDF