Resumo Trabalho

VERIFICAÇÃO PÓS-OCUPACIONAL DA ESCOLA MUNICIPAL LIONS PRATA, CAMPINA GRANDE-PB.

Autor(es): IRENILDO FIRME DO NASCIMENTO, JOSÉ ANSELMO DA SILVA NETO, JULIO CEZAR DA SILVA e orientado por MARCOS SEVERINO DE LIMA

A avaliação Pós – Ocupação (APO) é um conjunto de métodos e técnicas que visam a mensurar o desempenho de edificações em uso, levando em consideração não somente o ponto de vista do arquiteto, mas também o grau de satisfação dos usuários. A APO visa além do mais detectar problemas no conforto, no sistema construtivo, ergonômicos e estéticos, na edificação ocupada e em uso. Utilizando ferramentas específicas da APO, podemos propor soluções que minimizem estes problemas, melhorando o ambiente e proporcionando maior conforto aos usuários. Ela possibilita a confrontação entre as características que o edifício pretendia apresentar, e o real aspecto ou uso que o ambiente adquiriu após sua edificação. A parte administrativa da escola foi a atenção total, então foram entrevistados apenas os funcionários, no total de 12 participantes dessa pesquisa. As ferramentas aplicadas teve como base os métodos indiretos com entrevistas e questionários; checklist; e com a observação do ponto de vista de cada um dos pesquisadores (walkthrough). Após o estudo no ambiente, se destacaram de forma negativa à segurança contra roubo, ruídos nos ambientes internos, a falta de pessoas capacitadas e especializadas no ensino com pessoas com deficiências, e falta de acessibilidade nos corredores e pátio da escola. Com isto, espera-se que possa contribuir para o aprimoramento e difusão de melhores condições do usuário na habitação, promovendo uma adequação da unidade habitacional. Portanto, a harmonização entre a criatividade do projeto e a adequação aos desejos habitacionais é o rumo a seguir para criar espaços melhores nas edificações.

Veja o artigo completo: PDF