Resumo Trabalho

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E COLETA SELETIVA EM UMA ESCOLA DE ENSINO MÉDIO EM CAMPINA GRANDE-PB

Autor(es): MÁRBARA VILAR DE ARAÚJO ALMEIDA, NAIARA ANGELO GOMES, ELISANGELA MARIA DA SILVA, MÁRCIO CAMARGO DE MELO e orientado por VERUSCHKA ESCARIÃO DESSOLES MONTEIRO

Diante das diversas formas de degradação ambiental que afetam a vida da população, uma das que se encontram mais aparentes é a alta geração e a disposição inadequada dos Resíduos Sólidos Urbanos (RSU). A discussão das temáticas relacionadas aos resíduos sólidos nos espaços escolares emerge como um instrumento no combate a essas situações, colaborando para a formação da consciência socioambiental de todos que integram a comunidade escolar. O desenvolvimento de ações direcionadas a educação ambiental são necessárias para sensibilização sobre tais temáticas, encorajando a formação de valores que contribuam para o bem-estar da coletividade. O objetivo deste trabalho foi de relatar uma experiência vivenciada em uma escola de ensino médio, de modo a exemplificar como a educação ambiental pode contribuir na gestão eficiente dos resíduos descartados no âmbito escolar por meio da coleta seletiva. Como metodologia empregada, foram reunidos dados obtidos por meio da aplicação de questionários do tipo estruturado junto aos integrantes da escola. Um dado bastante relevante foram os significativos índices de desinteresse apresentado por aqueles que indicaram conhecimento relativo aos temas abordados na pesquisa e também por aqueles que não têm ciência sobre esses mesmos temas. Isto justifica o fato do manejo dos resíduos sólidos gerados na escola ainda ocorrer de maneira inadequada. Após o levantamento e análise dos dados, pode-se concluir que há a necessidade de se aprofundar na reflexão das causas que estão contribuindo para este quadro e redirecionar as ações voltadas à educação ambiental no intuito de corrigir as fragilidades encontradas.

Veja o artigo completo: PDF