Resumo Trabalho

ESTUDO DA CAPACIDADE DE REMOÇÃO DE AZUL DE METILENO PELA BIOMASSA DA CASCA DO LIMÃO TAITI (CITUS LATIFOLIA)

Autor(es): DJESON MATEUS ALVES DA COSTA, JOSÉ JACKSON SOARES DE MELO e orientado por DJESON MATEUS ALVES DA COSTA

Foi realizado um estudo para verificar o pH em que a carga na superfície dos resíduos da casca do limão taiti era nula (pHPCZ) e a capacidade de adsorção de azul de metileno por essa biomassa, lavada com água deionizada e modificada quimicamente com NaOH 0,1 M, em sistemas aquosos. Os ensaios foram realizados em triplicata, utilizando sistema em batelada e as determinações dos teores do azul de metileno adsorvido pelas fibras, por espectrofotometria em UV-Vis. Os pontos de carga zero (pHPCZ) das duas biomassas não diferiram estatisticamente, apresentando valor médio igual a 5,72. A taxa de adsorção máxima foi igual a 99,58% (49,691 mg/g) na biomassa modificada, 17,79% superior que na biomassa lavada.

Veja o artigo completo: PDF