Resumo Trabalho

PRÁTICAS EDUCATIVAS EM CIÊNCIAS COM ÊNFASE NA SAÚDE COLETIVA: ANÁLISE DO SEDIMENTO CONTIDO EM GELADEIRAS DOMICILIARES

Autor(es): FERNANDA DIAS DE SOUZA, FRANCISCO MÁRIO DE SOUSA SILVA e orientado por LUIZA MARIA VALDEVINO BRITO

Este artigo apresenta o relato de experiência educativa envolvendo o laboratório de ciências em uma escola de ensino médio, com ênfase na saúde coletiva fazendo uso dos conteúdos curriculares, e os resultados foram revelados através de uma metodologia experimental numa abordagem quantitativa e qualitativa. O estudo buscou analisar resíduos provenientes de alimentos conservados em geladeiras domiciliares da cidade de Juazeiro do Norte–CE. Para o estudo de campo, dividiu-se a área em três polos. No desenvolvimento da pesquisa, foram utilizados utensílios para análise microbiológica e meios de cultura específicos para bactérias e fungos. A coleta foi realizada em 10 bairros, de acordo com o procedimento para coleta de materiais. No laboratório, conforme Protocolo Operacional Padrão (POP), as placas de Petri foram inoculadas. Após 72 horas em estufa digital, Modelo ECB-1.1 digital a 42ºC registrou-se o crescimento de fungos diversos em 80% das placas. O bolor preto (Rhizopus stolonifer) foi encontrado em maior número. Após um período de 8 dias a 42ºC, 40% das placas cultivadas em Agar-Agar apresentaram a contagem microbiana de colônias bacterianas. Os domicílios com maior infecção receberam a visita dos pesquisadores, a fim de orientar os moradores das casas na limpeza do refrigerador, assim como, no armazenamento dos alimentos. São propostas ações constantes de conscientização nos domicílios e na comunidade escolar, sobre a importância da higiene, como cuidar da conservação dos alimentos, assim como, riscos de intoxicação alimentar visando à promoção e prevenção a saúde.

Veja o artigo completo: PDF