Resumo Trabalho

PROJETO CIÊNCIA VIVA: REPENSANDO E RECONFIGURANDO O ENSINO DE CIÊNCIAS EM ESCOLAS PÚBLICAS DO BREJO PARAIBANO.

Autor(es): MATHEUS EDUARDO SILVA DE MELLO, LUCAS BORCHARTT BANDEIRA, MARIA DO SOCORRO ROCHA e orientado por CATARINA DE MEDEIROS BANDEIRA

Em levantamentos prévios recentemente realizados em escolas públicas na região do Brejo Paraibano, onde o Campus III da UFPB encontra-se inserido, constatou-se o pouco uso de atividades experimentais no Ensino de Ciências, cuja carga horária é significativamente resumida muitas vezes em função da falta de capacitação dos professores, que se sentem inseguros em realizarem práticas experimentais, seja pela falta de domínio de conteúdo ou pela falta de recursos; além da estrutura física precária, verificou-se ausência de laboratórios de Ciência e de material para experimentação. O objetivo principal do projeto tem sido o de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino de Ciências nas escolas públicas de Ensino Fundamental I e II da região do Brejo Paraibano, especificamente nas cidades de Bananeiras, Solânea, Arara, Casserengue, Remígio e Borborema, propiciando uma melhor qualificação dos docentes, a partir da elaboração de material didático/pedagógico e de ações capacitadoras/formadoras. Dentre as diferentes estratégias metodológicas utilizadas está a realização de um diagnóstico completo do Ensino de Ciências nas escolas participantes; capacitação de professores; realização de aulas experimentais nos laboratórios do Campus III – CCHSA; oficinas para a confecção de recursos pedagógicos que auxiliem a prática docente; realização de passeios e excursões a /instituições que promovam a educação científica (a exemplo de museus de ciência, zoológicos e parques florestais) e a realização de feiras de ciências abertas para a comunidade em geral. Espera-se com essas ações promover uma melhoria do ensino-aprendizagem em Ciências e melhor divulgação/popularização do conhecimento científico na região.

Veja o artigo completo: PDF