Resumo Trabalho

TECNOLOGIAS EM SALA DE AULA: USO DAS REDES SOCIAIS COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA

Autor(es): ADRIANA GOMES DE LIMA e orientado por SANDUEL OLIVEIRA DE ANDRADE

É evidente que a tecnologia está cada vez mais inserida no contexto escolar. O discente tem acesso a várias ferramentas tecnológicas, como celulares, tablets, internet e, em especial, as redes sociais, que possui grande impacto como formador de opinião entre os jovens. Com isso, a escola não deve ficar alheio da realidade envolta, pois a presença das redes sociais no cotidiano dos alunos é incontornável e notória. Diante desta perspectiva, o docente deve lançar mãos destes meios para formar suas aulas. Em um futuro próximo será impossível desvincular a tecnologia da sala de aula e o docente tem que ficar atento a essas mudanças. Diante do exposto, o presente artigo tem por finalidade avaliar utilização das redes sociais para auxiliar na assimilação dos conteúdos pedagógicos, bem como possibilitar uma maior interação entre os discentes. A presente pesquisa foi desenvolvida no período de fevereiro a maio de 2018 e consistiu em uma revisão sistemática, pois utilizou como fonte de dados a literatura sobre determinado tema. Os usuários brasileiros costumam permanecer várias horas conectadas à rede, cerca 26,6 horas mensais e tendendo a aumentar, levando em consideração que a média mundial são 23,7 horas mensais.A transformação ocorrida nos últimos tempos no modo de transmitir o conhecimento tem gerado diversos desafios ao docente professor, ficando este com a responsabilidade se se aperfeiçoar e adaptar-se as novas tendências. Com isso, o uso de redes sociais na educação poderá possibilitar essa maior interação e diálogo, bem como quebrar o paradigma às apropriações menos formais, como uma mídia social, e realizar maiores estudos avaliando suas potencialidades enquanto ferramenta educativa.

Veja o artigo completo: PDF