Resumo Trabalho

VISÃO DOS PROFESSORES DE CIÊNCIAS SOBRE A COMPOSTAGEM

Autor(es): RAFAELA BARBOSA FERREIRA, THAMISIS MAIA DE MEDEIROS, MARIA BETANIA HERMENEGILDO DOS SANTOS e orientado por MARIA BETANIA HERMENEGILDO DOS SANTOS

O descarte inadequado dos resíduos orgânicos é algo comumente visto nas escolas. Mesmo quando há sistemas de coletas seletivas os restos de alimentos não possuem um destino sustentável. Para solucionar esse problema, um método recomendado seria a utilização da compostagem, processo biológico que transforma os resíduos orgânicos em adubo através da ação de micro-organismos. Nesse contexto, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a visão dos professores de Ciências sobre a compostagem. A pesquisa foi realizada em uma escola estadual localizada no município de Areia, no estado da Paraíba e teve como público-alvo os professores que lecionavam a disciplina de Ciências. A metodologia utilizada foi pautada na investigação quantitativa e como instrumento de coleta de dados foi utilizada uma entrevista semiestruturada, a qual era baseada em um questionário dividido em duas partes e composto por perguntas objetivas e subjetivas. Na primeira parte as questões tinham como objetivo mapear o perfil dos professores e na segunda analisar a visão destes sobre a compostagem. Baseado nos resultados obtidos pode-se concluir que apesar das professoras afirmarem que relacionam os conteúdos curriculares ministrados com a compostagem, a maioria se considera bem informada e preparada para trabalhar este tema com os alunos, além de acreditarem que ao ministrar esse tema faria com que os alunos se tornassem mais conscientes no descarte dos resíduos sólidos; bem como a temática auxiliaria no processo de ensino e aprendizagem, elas nunca participaram de um projeto sobre compostagem.

Veja o artigo completo: PDF