Resumo Trabalho

AVALIAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DA ÁGUA SUBTERRÂNEA DE UM POÇO DO MUNICÍPIO DE REMÍGIO-PB

Autor(es): GABRYELLA FREIRE MONTEIRO, BRUNA ALVES TEIXEIRA LIMA, JEFFERSON BONIFACIO SILVA, TEREZIANA SILVA DA COSTA e orientado por MARIA BETANIA HERMENEGILDO DOS SANTOS

A água é um recurso natural indispensável para a manutenção da vida. Pode ser utilizada para os mais diversos fins e ocupa cerca de 70% de toda extensão da Terra, entretanto a distribuição deste recurso não é homogênea e algumas regiões como a do Nordeste sofrem com a escassez de água e uma das alternativas para tentar resolver este problema é explorar as águas subterrâneas. Apesar de estar sob o solo, esse tipo de água não está isenta de sofrer contaminações, sendo assim é essencial conhecer a qualidade da água e saber se está pode ou não ser consumida. Ante ao exposto, o objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade físico-química da água de um poço localizado no município de Remígio-PB. O estudo foi desenvolvido no Laboratório de Química Analítica do Departamento de Química e Física do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba, Campus II, Areia-PB. Os parâmetros físico-químicos alcalinidade total, gás carbônico livre, cloretos, dureza total e cloro residual foram analisados de acordo com as metodologias descritas na literatura, e para os parâmetros de pH, turbidez, condutividade elétrica, temperatura e oxigênio dissolvido, seguiu-se as instruções descritas pelo fabricante dos equipamentos utilizados para cada análise. Baseado nos resultados obtidos foi possível inferir que os níveis de dureza total, cloretos, cloro residual, pH, turbidez são satisfatórios e estão dentro do valor máximo estabelecidos nos documentos de referência.

Veja o artigo completo: PDF