Resumo Trabalho

ESTUDO DA RECICLABILIDADE DA ZEÓLITA BETA NA REAÇÃO DE ALILAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO ESPECTROSCÓPICA DO 1-(4-NITROFENIL)BUT-3-EN-1-OL

Autor(es): COSME SILVA SANTOS, VITÓRIA KARLA SILVA ARAÚJO MACEDO, ROMÁRIO JONAS DE OLIVEIRA, BRUNA BARBOSA MAIA DA SILVA e orientado por JULIANO CARLO RUFINO DE FREITAS

Após o surgimento da “química verde”, há uma crescente preocupação com as questões ambientais, motivando os vários setores industriais e os membros da comunidade científica a se conscientizarem quanto aos impactos dos processos químicos ao ambiente. A procura por novas alternativas que evitem ou abrandem a geração de resíduos tem crescido atualmente e uma das alternativas a essa problemática, que tem se mostrado propícia, é o emprego de catalisadores ou promotores heterogêneos nas transformações químicas. Um dos catalisadores que tem se consolidado nesse aspecto são as zeólitas que, além de apresentarem várias aplicações industriais, estão desempenhando um papel cada vez mais importante em muitos processos sustentáveis. As zeólitas têm sido empregadas em uma variedade de reações orgânicas como em reações de cicloadição, reações multicomponentes e reações de acoplamentos. Nesse trabalho, a zeólita beta foi utilizada para promover a reação de alilação do 4-nitrobenzaldeído e o produto obtido foi caracterizado pelas técnicas de RMN 1H e 13C. Adicionalmente, foi realizado um estudo da reciclabilidade da zeólita beta nesta reação. O método empregado nesse trabalho é simples e eficiente e apresenta-se como excelente escolha na aplicação de reações de alilação de aldeídos em rotas de síntese e processos em escala para a industrial. Além disso, a zeólita beta apresentou uma ampla versatilidade, sendo facilmente manipulada e removida do meio reacional, o que implicou em uma diminuição dos resíduos e gastos e, além disso, se mostrou reaproveitável na reação de alilação, sendo dessa forma um material extremamente útil no âmbito da química verde.

Veja o artigo completo: PDF