Resumo Trabalho

CONHECIMENTOS DOS ALUNOS DA ÁREA DA SAÚDE ACERCA DE PESQUISAS CIENTÍFICAS DESENVOLVIDAS NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

Autor(es): THAYUANNE SILVA DE MELO, PEDRO AUGUSTO TIBÚRCIO PAULINO, CARMEM LÚCIA DE ARROXELAS SILVA, GABRIELE FERNANDA DA CONCEIÇÃO SANTOS e orientado por DANIEL LEITE GÓES GITAÍ

A iniciação científica (IC) é uma atividade que inicia o aluno de graduação na produção de conhecimento científico. Essa atividade geralmente acontece em instituições de ensino superior. É através desse conhecimento científico que os discentes têm a oportunidade de desenvolver o senso crítico, ético, profissional e de produzir conhecimento. A universidade é o veículo mais importante para estimular e incentivar à pesquisa, tendo um papel fundamental no desenvolvimento desta atividade, sendo necessário o apoio da instituição e de professores, porém existem motivos que distanciam os alunos dessa vivência de realizar pesquisa científica no meio acadêmico. Assim, o objetivo dessa pesquisa foi avaliar se os graduandos dos cursos de Ciências Biológicas licenciatura e bacharelado, Educação Física, Enfermagem, Farmácia Medicina, Nutrição e Odontologia da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) têm conhecimento sobre pesquisa científica. Foi possível observar que dentre os motivos que impedem os alunos a desenvolver atividades de pesquisa científica, os mais citados foram, conciliar entre os estudos da graduação e pesquisa no laboratório, muitas vezes por falta de tempo devido à carga horária dos cursos ou ainda pela necessidade de conciliar os estudos com o trabalho de alunos que precisam trabalhar e estudar, ficando inviável a participação dos mesmos nessas atividades extracurriculares que a universidade oferece. A produção científica nos cursos de saúde pode contribuir para a sociedade, para o aluno, na formação do professor pesquisador e para a vida profissional.

Veja o artigo completo: PDF