Resumo Trabalho

ANÁLISE DO GANHO DE FORÇA MUSCULAR ATRAVÉS DE PROTOCOLO DE EXERCÍCIO RESISTIDO ASSOCIADO À ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA FUNCIONAL SOBRE O MÚSCULO BÍCEPS BRAQUIAL: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Autor(es): SAULO FREITAS PEREIRA, MARIANA CARLA OLIVEIRA LUCENA, MARÍLIA AMORIM DE SOUZA e orientado por DANILO DE ALMEIDA VASCONCELOS

INTRODUÇÃO: Essa pesquisa faz parte da área de Fisioterapia Desportiva, mais precisamente qualificada em fisiologia do exercício e se apoia na ideia central de identificar e avaliar qual o recurso mais efetivo em obter ganho de força. Para isso têm-se os testes com pesos livres e a intervenção com a eletroestimulação no músculo específico, quantificando os resultados através de testes e da eletromiografia de superfície. OBJETIVOS: Esta revisão sistemática objetivou identificar os efeitos do treinamento físico convencional e da estimulação elétrica funcional (FES) no músculo bíceps braquial com o intuito de obter ganho de força muscular, através de treinamento e uso de protocolos estabelecidos. METODOLOGIA: Analisou-se na literatura e em artigos científicos, por meio de revisão bibliográfica de estudos experimentais, nos bancos de dados de bibliotecas virtuais como SciELO, Pubmed, LILACS, MEDLINE e Google Acadêmico. A busca inicial resultou em 119 artigos e, ao final, foram selecionados 2 artigos. A presente revisão encontrou efeitos proporcionados pela eletroestimulação neuromuscular e exercícios físicos contra a resistência em indivíduos sadios e sedentários. CONCLUSÃO: Dentre as variáveis revisadas, os resultados demonstraram que o treinamento muscular voluntário e o exercício associado à eletroestimulação geram aumento na força muscular, com importantes diferenças estatisticamente significantes entre os grupos avaliados. Quanto às demais variáveis, os resultados disponíveis na literatura mostraram melhora significativa.

Veja o artigo completo: PDF