Resumo Trabalho

A ESCOLA E A PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ PRECOCE NA ADOLESCÊNCIA

Autor(es): LILIAN MACHADO MARQUES VIDAL, SANDRA REGINA FERREIRA ROCHA DE SOUZA

Este trabalho teve como O presente trabalho teve como objetivo verificar a importância da escola na manutenção da vida escolar de adolescentes grávidas, na prevenção de gravidez precoce e de doenças sexualmente transmissíveis. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada aberta, caracterizando uma pesquisa qualitativa. A entrevista foi realizada com 38 adolescentes com idade 13 a 17 anos, alunas da Escola Estadual Dr. Ytrio Correa e Escola Estadual Oscar Soares, do Municipio de Alto Garças – MT – Brasil. Entre estas 5 escontravam se grávidas, todas tiveram seus filhos ainda antes do término da pesquisa. Esta pesquisa enfatizou a informação e o conhecimento inadequado dos adolescentes em relação às questões de sexualidade e prevenção da gravidez precoce. Visualizou-se também a necessidade de uma educação sexual com espaços para diálogos e discussões de dúvidas, tanto na escola, como no âmbito familiar. Constatamos a necessidade de orientações para o uso de contraceptivos para evitar-se doenças sexualmente transmissíveis e gravidez precoce. Acredita-se que saúde, educação, assistência e promoção social deveria manter um canal de comunicação permanentemente aberto e estabelecer um relacionamento terapêutico de confiança, livre de preconceitos, oferecendo aos adolescentes informações que os auxiliem na busca por informações relacionadas a sexualidade, e a escola é sim um espaço adequado para isso.

Veja o artigo completo: PDF