Resumo Trabalho

A ATUAÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE INICIAL EM GEOGRAFIA

VANDYGNA EMILIANA CHAVES DA SILVA , JOSE ISMAEL DA SILVA, JOSÉ ILÂNIO CHAVES, ROBSON RENATO SALES DO NASCIMENTO

Para compreender as lacunas existentes na formação inicial em Geografia na atualidade e propor mudanças, faz-se necessário estudar a institucionalização e todo o contexto histórico da formação do professor de Geografia no Brasil. Neste sentido este trabalho compreende uma discussão teórica de cunho bibliográfico de uma pesquisa em qualitativa em andamento. E para essa discussão fizemos uma pesquisa bibliográfica em alguns autores norteadores com Andrade (1986), Ruiz e Braz (2013), Vesentini (2009) dentre outros sobre a institucionalização da ciência geográfica, a formação docente em Geografia e a atuação do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID). Para isso começamos por fazer alguns apontamentos referentes à história da formação docente em Geografia para investigar as premissas da dissociação entre teoria e prática docente nos Cursos de Graduação. Feito isso, apresentamos o PIBID enquanto uma proposta que busca unir Ensino Superior e Educação Básica, teoria e pratica docente, o ensino, a pesquisa e a extensão e, dessa forma observar suas contribuições para os licenciandos em Geografia. Podemos perceber em nosso trabalho como resultados que este Programa tem conseguindo o que até então os cursos de licenciaturas tinham como uma limitação, que era aproximar o formando da realidade da sala de aula. Atualmente, o PIBID diminui as distâncias existentes entre esses dois universos, possibilitando que o professor da rede básica atue também na formação docente e receba incentivos para a formação continuada.

Veja o artigo completo: PDF