Resumo Trabalho

MARCOS VINICIUS MARQUES DA SILVA e orientado por MARIANA GUELERO DO VALLE e orientado por MARIANA GUELERO DO VALLE

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) é um programa voltado para a formação inicial de professores que visa estreitar as relações existentes entre a escola e a universidade, proporcionando às escolas de educação básica ensino de qualidade, além de valorizar e incentivar a formação de professores em nível superior. O programa conta com milhares de bolsistas distribuídos pelo território nacional e tem possibilitado aos alunos participantes a articulação entre teoria e prática durante os períodos iniciais dos cursos de licenciatura. Dessa forma, sendo o PIBID um programa que possibilita a prática docente, o mesmo é visto como um espaço em que os futuros professores possam construir e pôr em prática diversos saberes inerentes à profissão docente. Nesta perspectiva, o presente trabalho buscou analisar as contribuições que o referido programa tem trazido para a construção dos saberes experienciais de futuros professores de Biologia. A pesquisa foi realizada com seis bolsistas do subprojeto Biologia do PIBID da Universidade Federal do Maranhão. Para tanto, utilizamos como instrumento de coleta de dados um questionário com sete questões abertas relacionadas às experiências vivenciadas pelos licenciandos dentro do programa. Os dados foram analisados a partir de uma abordagem qualitativa, tendo como referencial teórico as ideias de Maurice Tardif sobre os saberes docentes, em especial os saberes experienciais. Pôde-se constatar, que além de saberes experienciais o PIBID tem contribuído para a construção de diversos outros saberes relativos à profissão docente, além de fornecer meios pelos quais seus alunos possam construir sua identidade profissional. Desta maneira, o programa tem alcançado seus objetivos, contribuindo de forma ímpar para a formação inicial de professores.

Veja o artigo completo: PDF