Resumo Trabalho

A DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA E OS DESAFIOS DA FORMAÇÃO CONTINUADA NO ESPAÇO ESCOLAR

NÍSIA MARIA TERESA SALLES

Este artigo descreve processos no intuito de analisar a importância e as possibilidades de se discutir no âmbito dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, um programa de formação continuada que contemple as necessidades apresentadas pelos professores no exercício da profissão docente, com o objetivo de visualizar como estes que atuam na educação profissional e tecnológica aprendem a ensinar e quais são os saberes necessários ao exercício da docência. Embora nos últimos anos tenham se ampliado as vozes na defesa da capacitação, não se evidenciaram políticas públicas incisivas no sentido de qualificação docente. O definitivo nesse estudo é a nossa convicção de que a formação de professores para a educação profissional se traduz em política inadiável e perene, diante do compromisso com a expansão desta modalidade de ensino de forma qualificada, democrática e sintonizada com os ideais de construção de uma nação soberana do ponto de vista social, econômico, cultural e científico. Nesse sentido alguns questionamentos norteiam esse estudo, sendo eles: quais são os saberes que os docentes da Educação Profissional e Tecnológica consideram fundamentais para a sua prática em sala de aula? Como adquirem esses saberes sobre o processo de ensinar? Que saberes/conhecimentos subsidiam sua prática pedagógica e são construídos/demandados em sua trajetória profissional? Considerando os estudos e as questões apresentadas, bem como a necessidade de aprofundamento de investigações sobre essa temática, busca-se por meio da análise bibliográfica de autores que estudam essa problemática uma reflexão que muito poderá em um primeiro momento constituir-se em elementos importantes para a compreensão do trabalho docente nos Institutos Federais, no contexto da nova institucionalidade decorrente do atual processo de expansão de Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica no Brasil

Veja o artigo completo: PDF