Resumo Trabalho

A EDUCAÇÃO POPULAR NA FORMAÇÃO INICIAL DOS PROFESSORES: RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE PROJETO DE EXTENSÃO JUNTO A CATADORES DE MATERIAL RECICLÁVEL

LUCIANA DANTAS MAFRA

Este artigo refere-se as atividades de extensão desenvolvidas no âmbito do projeto de Formação em Economia Solidaria PROEXT/CAPES 2013, que teve como loco de atuação a associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Caicó (ASCAMARCA) na comunidade considerada de periferia,chamada de Frei Damião. As etapas metodológicas das ações de extensão consistiram em realizar o diagnostico social e econômico da comunidade Frei Damião, onde os residentes são todos catadores de material reciclável, identificar as necessidades formativas ligadas à qualificação do trabalho e a educação, realização de oficinas populares e círculos de debates que auxiliaram no fortalecimento do trabalho associativo. Toda a proposta metodológica da ação teve por base a filosofia de Paulo Freire e a perspectiva da educação popular. Os resultados que apontamos indicam que através da educação popular, eixo organizador da filosofia das ações, percebemos que as comunidades populares são espaços de aprendizagem e troca de conhecimentos; que a relação do ensino vai além dos espaços formais da escola e que o educador é chamado a ser bem mais que um professor. Somos impelidos a educar os filhos dos trabalhadores nas escolas, e fora delas, a nos educarmos coletivamente, trabalhadores da economia solidária e educadores em formação.

Veja o artigo completo: PDF