Resumo Trabalho

PAULA KATHERINE TARQUINO e orientado por SUELÍDIA MARIA CALAÇA e orientado por SUELÍDIA MARIA CALAÇA

Esta pesquisa teve como principal objetivo investigar o potencial do jogo digital enquanto material didático-pedagógico para o ensino de História. Para tanto, foi utilizado o jogo digital para computador Caesar III em ambiente escolar com turmas do 1º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Padre Hildon Bandeira, João Pessoa, Paraíba, Brasil. A partir do acesso ao jogo, os alunos construíram e desenvolveram províncias romanas situadas historicamente durante a expansão do império. Isso possibilitou ao aluno visualizar elementos característicos desse momento histórico, como por exemplo: a estética das construções romanas, os alimentos que eram consumidos, a religiosidade e o desenvolvimento cultural. Além disso, os alunos tiveram a oportunidade de desenvolverem suas habilidades de organização e administração de uma cidade fictícia. Foram realizadas atividades para a identificação e sistematização de informações apresentadas no jogo no intuito do aluno desenvolver seu conhecimento acerca da Civilização Romana. Os dados analisados sinalizam que o jogo digital, quando corretamente aplicado como ferramenta de ensino, pode se tornar um recurso precioso em favor de um processo de ensino-aprendizagem mais eficiente e em sintonia com o mundo tecnológico em que vivemos. Por ser um meio de entretenimento, esta ferramenta oferece ao professor um acesso direto ao universo digital do jovem aprendiz, colocando-o em linha direta com as novas formas de pensar e construir o mundo. Apesar desse estudo, apresentar a existência de fortes indícios em favor da eficiência do jogo digital em sala de aula, uma pesquisa com maior abrangência e profundidade poderá revelar outras potencialidades que poderão ser exploradas em favor de um ensino de História mais dinâmico e motivador.

Veja o artigo completo: PDF