Resumo Trabalho

GABRIELLY LAIS DE ANDRADE SOUZA e orientado por MARCOS ALEXANDRE DE MELO BARROS e orientado por MARCOS ALEXANDRE DE MELO BARROS

Esse estudo teve como justificativa perceber a partir de estratégias didáticas, na ambiência escolar, a ação transformadora de jovens por meio da reciclagem, e conservação da natureza, permitindo um olhar crítico e reflexivo, da realidade a qual está inserido, A pesquisa teve por finalidade a construção de uma horta escolar vertical, com o intuito de dar um destino ecologicamente correto para as garrafas pet, além de utilizar a plantação de sementes, buscando promover o reconhecimento das plantas, sua morfologia, fisiologia e benefícios para o corpo humano. É importante salientar que o ensino partiu dos conhecimentos prévios dos discentes, provocando uma motivação intrínseca, e maior internalização no processo de aprendizagem, podendo assim estimular e orientar os educandos a exercer sua responsabilidade socioambiental, bem como alcançar através deste método pedagógico, aplicada junto a estes, obter uma visão ampla e ressignificada, mediante a compreensão e seleção dos alimentos que devem ser consumidos. Foi realizada uma pesquisa de caráter bibliográfico, e análise qualitativa dos dados, com o uso do questionário estruturado. Fizeram parte da pesquisa 85 alunos dos 2º ano A e B do Ensino médio, sendo a pesquisa realizada nos meses de fevereiro a dezembro de 2015. Os alunos arrecadaram um total de 80 garrafas pet para a construção da horta vertical. Este estudo direcionou e educou os alunos a refletirem sobre formas de reutilizar o que para eles eram considerados “lixo”, contribuindo para que os mesmos obtivessem a percepção que mesmo diante de poucos recursos, poderia se criar meios alternativos, que viabilizasse a construção de uma horta em qualquer ambiente, favorecendo uma atitude transformadora para o meu ambiente e o exercício do papel cidadão.

Veja o artigo completo: PDF